domingo, 14 de agosto de 2016

~~*~~ As almas que se amam se encontram em outra vida? ~~*~~


Na espiritualidade o sentimento é claro, de uma força e suavidade que mostram o que existe entre os espíritos que o sentem. Tanto mais fácil perceber este elo afetivo, quanto mais desenvolvido moral e espiritualmente é o espírito. Já durante a encarnação, há uma limitação imposta pelo esquecimento do passado, uma vantagem que Deus nos proporcionou para que o livre-arbítrio fosse pleno em nós. Quando encarnamos esquecemos do passado, e deixamos adormecidas lembranças e sentimentos. Se duas almas que se amam se encontram, talvez não venham a perceber imediatamente a importância real de uma na vida da outra, mas sentirão empatia, simpatia ímpar e profunda, o que as faz pender para a pessoa que acabaram de conhecer na nova encarnação. O reconhecimento de um amor de milênios pode ser forte e imediato, mas em geral, para nos facilitar a vida, surge doce e suave, lenta e profundamente.
O fato de duas almas terem aprendido a amar-se e que se procuram para continuar juntas sua jornada – encontrarem-se na encarnação, não significa necessariamente que devam ficar juntas, enquanto a experiência terrena estiver em andamento. Há reencontros que acontecem para que formem família, exemplifiquem o sentimento, evoluindo e dando, uma à outra, força nas provas, expiações e missões que vieram cumprir. É bem comum também que afetos verdadeiros não se encontrem, que estejam, cada um, vivendo experiências com outras almas, de modo a ampliar os laços do amor fraternal. Neste caso, costumam aliviar a saudade através de visitas em espírito (sonhos).

Há ainda outra possibilidade, em geral prova bem difícil por exigir o mais amplo sentimento de resignação, coragem e amor ao próximo: duas almas encontrarem-se, reconhecerem-se, amarem-se e não poderem ficar juntas porque já estão comprometidas com outras pessoas e famílias.

E porque Deus faria isso?

 Deus não fez. As próprias almas pediram esta prova como exercício expiatório e prova de resistência de suas más tendências, em geral, o egoísmo.
Imaginemos…

Duas almas aprendem a se amar; almas gêmeas que se tornam, escolhem experiências que irão fazê-las evoluir. Espíritos ainda em progresso, possuem defeitos morais que estão trabalhando nas existências. Nascem juntas, separadas, na mesma família, em outras, entre amigos ou inimigos. Entre tantas vidas, numa optam por temporariamente (o que são os anos de uma encarnação perante a imortalidade?) por encarnarem separadas. Casam-se com outras pessoas, formam famílias. Mas um dia encontram-se. Reconhecem-se. O amor ressurge. Seus compromissos espirituais são logo esquecidos, desejam-se. Eles deveriam resistir à tentação de trair, de abandonar os companheiros, os filhos, os compromissos, construindo falsa felicidade sobre lágrimas alheias. No entanto cedem. Traem, abandonam, fogem… não importa. Querem ser felizes e isso lhes basta. É o egoísmo e a falta de fé no futuro, que lhes dirige a ação.

Mas não há real felicidade senão a conquistada no direito e na justiça. Se vencerem a tentação de fazer o que citamos, terão no futuro o mérito de estar uma com a outra. Se se deixam arrastar pelas paixões, estarão fadadas a novos afastamentos, lições dolorosas.
Escolhem esta experiência porque a visão que têm na espiritualidade é diferente da limitada visão da encarnação. Melhor abrir temporariamente mão da presença amada, já que o afeto não se esvai na ausência, do que abrir mão de estarem juntos em várias vidas e seus intervalos. Sendo o egoísmo o único motivador (e não o amor) da escolha de ficarem juntos a qualquer preço, constrói-se sólido castelo sobre a areia das ilusões. Fatalmente ele desmoronará, e será preciso reconstruí-lo

fonte: http://www.espiritbook.com.br/profiles/blogs/as-almas-que-se-amam-encontram-se-em-outra-vida

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

~~*~~ INICIAÇÃO EM REIKI / SINTONIZAÇÃO ~~*~~


Você vai saber, no momento oportuno, qual o Mestre “certo” para o iniciar em Reiki.
Muitas pessoas marcam os seus cursos de Reiki e depois sentem que não devem comparecer, ou algo acontece que obstaculiza a sua comparência no dia do curso.
Não se preocupe, a pessoa, o tal Mestre “certo” aparecerá quando você estiver “pronto” para receber a iniciação.
E será você, sim, você, quem o vai escolher.
Acredite, que ainda que, conscientemente, você não saiba porque escolheu esse Mestre em detrimento de outro, você escolheu-o por um motivo muito forte.
Se e quando chegar a hora, o seu Mestre aparecerá no seu caminho e você não terá quaisquer dúvidas de que essa pessoa é a pessoa certa para o iniciar.
Se se iniciou ou vai iniciar no Reiki pense que o Reiki envolve uma aprendizagem contínua, Reiki é vida…salvaguardada a experiência das sintonizações de Reiki, o seu Mestre apenas lhe transmitirá ensinamentos e técnicas básicas, as mesmas que também lhe foram transmitidas… mas a verdadeira aprendizagem, vai fazê-la sozinho (a)…

Os cursos de Reiki incluem sintonizações efectuadas por um Mestre (entenda-se Professor) de REIKI que capacitam o aluno a canalizar a energia vital universal para a cura.

Essas sintonizações “carregam” o formando com a energia vital universal, adaptando ou ajustando a sua energia individual à mesma frequência dessa força superior e estabilizando a sua capacidade de canalizar esse intenso fluxo de energia.
A pessoa ao ser sintonizada como canal de energia vital é-o para toda a vida.

O ritual de sintonização que transforma o formando em canal de Reiki é antigo, sagrado e tempos houve, em que era absolutamente reservado e secreto.
Esse processo de sintonização é a alma do Reiki, pois enquanto ele decorre a energia pulsa, dando uma nova e revigorada vida ao aluno, reposicionando-o.

Um Prof./Mestre de Reiki habilitado realiza uma sintonização tendo absoluta consciência da natureza sagrada e transformadora desse acto e está em condições de oferecer à pessoa sintonizada alicerces sólidos de compreensão espiritual e apoio emocional.

Os dias que antecedem a iniciação - Alguns formandos ficam muito ansiosos e nervosos nos dias que antecedem a sua iniciação em Reiki. Mas, não há razão para tal.
O seu Prof./Mestre de Reiki garantirá, previamente à sua chegada, a limpeza energética do espaço onde vai decorrer o curso e vai ver que durante todo o curso se sentirá envolto num ambiente de harmonia e bem estar.
Por vezes, alguns formandos criam demasiadas expectativas em relação ao momento do ritual da sintonização e ficam de tal forma ansiosos, que o seu coração dispara em palpitações aceleradas e querendo perceber e dar-se conta de tudo quanto se passa à sua volta, acabam por não sentir, na sua integralidade, a subtileza e beleza de uma sintonização.
Portanto, se ainda não foi iniciado em Reiki, respire fundo e fique tranquilo…ali, nada, de mal lhe poderá acontecer

A experiência da sintonização - Saiba que, antes de iniciar o seu processo de sintonização o seu Prof./Mestre lhe solicitará que retire jóias, metais, óculos e sapatos e que feche os seus olhos.
A primeira sintonização pode propiciar uma abertura extremamente forte para um aluno que esteja preparado para ela. Mas, a grande maioria das pessoas tem uma leve sensação de energia fluindo pelas mãos ou na cabeça e outras há, também, que não sentem nada.

Mas, seja qual for o seu caso, não se preocupe. A energia torna-se mais e mais perceptível, após a primeira sintonização e com cada sintonização.
Frequentemente, a vivência da sintonização é calma, outras vezes, mais raramente, essa experiência é agitada.
Em boa verdade, a experiência de sintonização é singular e única e cada um de nós, senti-la-á, a seu modo, de acordo com a sua sensibilidade, convicções e estádio de desenvolvimento espiritual. Há quem veja luz e cor, há quem ouça sinos, silvos, ou suaves melodias e há quem sinta, tão-somente, uma enorme sensação de bem-estar.
Todavia, o resultado é absolutamente o mesmo: esse ser humano é, naturalmente, transformado, ou melhor diria, “despertado” para um novo modo de ser e de estar…

Após a sintonização - e aos poucos (durante um período de semanas ou meses) o  aluno vai perceber que se operou uma extraordinária transformação no seu coração e nas suas mãos.
A sintonização de Reiki expande, literalmente, a percepção consciente, a sensibilidade à energia aumenta, os sentidos aguçam-se e a ligação interior com a consciência superior, em especial por meio da intuição, fortalece-se.

Depois de uma iniciação - há um período de adaptação à nova frequência e registo vibratórios permitindo que o corpo se auto-liberte de bloqueios, acúmulos e energias cristalizadas. Esta limpeza pode ocorrer de muitas e variadas formas.
Uma boa forma de ajudar a essa “limpeza” e “purificação” é beber muita água e comer frutas, legumes, alimentos que à partida não estão carregados de toxinas.
A iniciação funciona como uma espécie de chave que o/a colocará em contacto com níveis superiores, mais intensos e íntimos de cada indivíduo, libertando o poder da energia do Amor e cura.
**
É por tudo isso, importante que você conheça e garanta que a pessoa que escolheu para o iniciar e sintonizar no Reiki, é de facto, Mestre de Reiki. Porquanto, de quando em vez, surgem registos contados, aqui e ali, de pessoas que pagaram cursos de Reiki e que, mais tarde, constataram que o seu Prof.Mestre afinal, não tinha qualquer formação em Reiki.
As sintonizações não podem ser feitas por ninguém que não seja sintonizado como Mestre de Reiki e treinado como Professor. Por um lado, porque a quantidade de energia transmitida por alguém que não é Mestre de Reiki é muito reduzida, por outro lado, não estaremos a falar de “sintonização” com a energia universal, mas antes, de uma qualquer troca energética relacionada com o “Ki”, a energia dessa pessoa que se diz Mestre de Reiki…


Após ter sido iniciado, acredite que: nenhuma filosofia, doutrina, ou dogma se consegue interpor no caminho de quem quer vivenciar essa energia sublime de cura.

Ademais, quando se fala de Reiki, não se pede às pessoas que abandonem as suas antigas crenças ou convicções, antes se pede que valorizem a cura e que se coloquem, com um coração vibrando de amor, AO SERVIÇO DOS OUTROS, canalizando a energia da cura.
Manastê

Fonte: http://reiki-toquedacura.blogspot.pt

quinta-feira, 14 de julho de 2016

~~*~~ Equilibrando os chakras ~~*~~

A palavra chakra vem do sânscrito e significa “roda”, “disco”, “centro” ou “plexo”. Nesta forma eles são percebidos por clarividentes como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo.

Equilibrando o chakra Laríngeo

 

O laríngeo é o chakra da comunicação e em desequilíbrio pode acarretar fracasso na vida social, medo da desaprovação e muitas vezes pode resultar em agressividade em relação ao próximo. É também o chakra da criatividade e do poder pessoal, através da comunicação que colocamos nosso ponto de vista no mundo.
Emocional:
  • Falta de criatividade
  • Dificuldade de expressão
  • Assédio moral
  • Insônia
  • Dificuldade de materialização
  • Oscilação de peso
Fisico:
  • Dores de garganta
  • Tensão no pescoço e nos ombros
Cristais que ajudam no equilíbrio deste chakra:
  • Topázio Azul
  • Topázio Amarelo
  • Crisocola
  • Safira
  • Esmeralda
Óleos Essenciais
  • Lavanda
  • Camomila
  • Alecrim
  • Tomilho
  • Salvia
Ervas para banho:
  • Arruda
  • Espada de Santa Barbara
  • Rosa Vermelha
  • Abre Caminho
  • Gengibre
  • Salvia
  • Boldo
Chás:
  • Tanchagem
  • Jasmin
  • Groselha Preta
  • Gengibre
  • Alfavaca
  • Mel
  • Poejo

Equilibrando o chakra cardíaco



Este chakra está diretamente ligado ao coração e é ele que registra a qualidade e o poder do amor em sua vida. Rege também sentimentos como gratidão e generosidade, sendo assim quando bloqueado pode gerar sentimentos de egoismo e ressentimento.
Emocional:
  • Dificuldade de relacionamento
  • Falta de amor
  • ódio
  • Sensação de traição ou abandono
  • Solidão
  • Pânico
  • Tristeza
Fisico:
  • Gripes
  • Resfriados
  • Pneumonia
  • Arritmias
  • Imunidade baixa
  • Artrite
  • Artrose
Cristais que ajudam no equilíbrio deste chakra:
  • Peridoto
  • Topázio Rosa
  • Rodonita
  • Quartzo Rosa
  • Turmalina Melancia
  • Rodocrosita
Óleos Essenciais
  • Rosa
  • Melissa
  • Néroli
Ervas para banho:
  • Mel
  • Alfazema
  • Alecrim
  • Hortelã
  • Rosa branca
  • Sálvia
Chás:
  • Malva
  • Alfavaca
  • Gengibre
  • Assa peixe
  • Canela
  • Guaco

Equilibrando o Chakra Plexo Solar

 

O chakra plexo solar  está localizado acima do umbigo, na altura do baço e é um chakra muito poderoso, pois está relacionado com o nosso ego e a nossa personalidade.
Emocional:
  • Estresse
  • Fadiga mental
  • Mania de perseguição
  • Falsidade
  • Paranoia
  • Esquizofrenia
  • Excesso de preocupação
Fisico:
  • Obesidade ou anorexia
  • Diabetes
  • Problemas no trato urinário
  • Problemas no aparelho digestivo
Cristais que ajudam no equilíbrio deste chakra:
  • Topázio
  • Turmalina amarela
  • Esmeralda
  • Safira
  • Citrina
Óleos Essenciais
  • Salvia – esclareia
  • Junípero
  • Gerânio
Ervas para banho:
  • Arruda
  • Gengibre
  • Rosa branca
  • Boldo
  • Erva doce
  • Melissa
  • Balsamo
Chás:
  • Dente de leão
  • Erva doce
  • Gengibre
  • Saião
  • Pau pereira
  • Espinheira Santa
  • http://www.nascerparavida.com.br/equilibrando-os-chakras/

~~*~~ O que comer para equilibrar os chakras ~~*~~

                                             
A ingestão de certas cores de alimentos permite nos realinharmos emocionalmente. Esta técnica baseia-se na Ayurveda. Veja como funciona:
VERMELHO ( Chakra Raiz ou básico­­)
Harmonia: Vitalidade, atividade, sexualidade, estabilidade, Coragem, Individualidade, Paciência, Saúde, Sucesso e Segurança.
Desarmonia: Frustração sexual, letargia, egocentrismo, ansiedade, Insegurança, Raiva, Tensão e Violência.
Se você se sente cansado, alimentos vermelhos como tomates, morangos, framboesas e beterrabas vão ajudar a aumentar os níveis de energia e temperatura do corpo.
Alimentação favorável: Alimentos ricos em carotenóides – acerola, cereja, maçã, goiaba vermelha, melancia, morango, tomate, rabanete, uva vermelha, pimentão vermelho.
LARANJA para a confiança e auto-estima ( Chakra Sexual )
Harmonia: Assimilação de novas idéias, Dar e Receber, Desejo, Emoções, Mudanças, Prazer, Saúde e Tolerância, Adaptabilidade, boa circulação.
Desarmonia: Confusão, Ciúme, Impotência, Problemas da bexiga, Problemas Sexuais, Má Circulação, Problemas Renais, Ciúmes, Solidão.
Se você se sente com pouca confiança, ou baixa auto-estima, utilize alimentos na cor laranja.
Alimentação favorável: Ingestão de bastante líquido, frutas e hortaliças como: abóbora, tangerina, damasco, cenoura, mamão, laranja, pêssego, tangerina, manga, vão melhorar esses sentimentos.
AMARELO para alegria ( Chakra do plexo solar)
Harmonia: Autocontrole, Autoridade, Energia, Humor, Imortalidade, Poder pessoal e Transformação, Coragem, criatividade, independência, força
Desarmonia: Medo, Ódio, Problema digestivo e Raiva, Problemas de fígado, olhos, arrogância, ansiedade
Se você se sente deprimido ou triste, coma alimentos amarelos.
Alimentação favorável: Alimentos ricos em amido e carboidratos, frutas e hortaliças amarelas: batatas inglesa, doce e baroa, banana, abacaxi, milho, melão. Veja suas alterações de humor, pois o amarelo é um potencializador de humor natural.
VERDE para o rejuvenescimento ( Chakra cardíaco) 
Harmonia: Amor incondicional, Compaixão, Equilíbrio, Harmonia e Paz, generosidade, romance.
Desarmonia: Desequilíbrio, Instabilidade emocional, Problemas de coração e circulação, Má circulação e respiração, avareza, egocentrismo.
Sentindo-se com pouca energia vital? Estressado? Excesso de trabalho? Coloque suas verduras orgânicas favoritas em um espremedor ou faça uma salada gigantesca e observe diminuir seu nível de estresse. Provavelmente ele vai sumir devido às enzimas vivas, oxigênio e clorofila.
Alimentação favorável: Folhas, legumes e frutas verdes – couve, alface, abobrinha, brócolis, salsa, cebolinha, pepino, acelga, azeitona verde, chuchu, quiabo, abacate, kiwi, limão, uva verde etc.
AZUL/PRETO para acalmar ( Chakra da Garganta)
Harmonia: Comunicação, Criatividade, Conhecimento, Honestidade, Integração, Lealdade e Paz, Boa comunicação e expressão, criatividade
Desarmonia: Depressão, Ignorância e Problemas na comunicação
Desfrute de uma tigela de mirtilos (um fruto silvestre que gosta do frio. É uma baga, cor azul ceroso, e está no topo dos alimentos com maior teor de antioxidantes) ou amoras. Alimentos pretos e azuis ajudam a tonificar os rins.
VIOLETA para a paz (Chakra do Terceiro Olho)
Harmonia: Concentração, Devoção, Intuição, Imaginação, Realização da alma e Sabedoria, Popularidade, Intuição, Ética, Clareza Mental
Desarmonia: Dores de cabeça, Falta de concentração, Medo, Problema nos olhos, Pesadelos e Tensão, Dependência, Desejos Insatisfeitos, Desequilíbrio
Se você está se sentindo frustrado, irritado ou incapaz de perdoar, alimentos nesta cor vão ajudar a acalmar a sua energia e trazer-lhe paz.
Alimentação favorável: berinjela, alface roxo, uva roxa, alho roxo, beterraba, figo, azeitona preta, framboesa, jabuticaba, amora, alcachofra etc. e bebidas relaxantes como chás de hortelã, menta, jasmim.
BRANCO para a força ( Chakra Coronário )
Harmonia: Integrado a vida, iluminado, harmonioso
Desarmonia: Loucura, desequilíbrio orgânico e mental.
Se você se sente derrotado ou para baixo, desfrutar de alguns alimentos brancos aumentam a sua força interior.
Alimentação favorável: Alimentos ricos em vitaminas do complexo B e os flavonóides: Aipim, Aipo, Alho, Alho-Poró, Aspargo, Banana, Batata Baroa Branca, Cará, Cebola, Cogumelo, Couve-Flor, Endívia, Graviola, Inhame , Nabo, Pêra e Pinha.
Alimento é energia! Nós somos um composto energético e temos inúmeros chacras que são campos de força que captam e exteriorizam energia. O alimento físico permite que utilizemos este corpo físico e façamos tudo o que temos de fazer na nossa vida. Esse corpo físico é importante para que a possamos evoluir e crescer consciencialmente. Este corpo nos permite ter contato com consciências mais evoluídas e menos evoluídas.
 Fonte: http://www.nascerparavida.com.br/equilibrando-os-chakras/